domingo, 12 de julho de 2009

Simples lapso temporal urbano.


- Não gosto mais de você.
- Como assim?
- Simples. Não gosto mais de você.
- Desde quando?
- Desde agora.
- Qual o motivo?
- Não sei, estou tentando decidir.
- Então foi algo do nada mesmo? Assim. Não gosto mais de você e pronto.
- É.
- Eu não te entendo.
- É por isso!
- Pelo quê?
- Você não me entende. Não gosto mais de você, pois você não me entende.
- Ai mulher, como assim? Não é que eu não te entenda. Eu não te entendo agora.
- Então, se você me entendesse agora eu gostaria de você, mas como você não me ent...
- Pera lá! Perá lá senhorita. Este não entender é póstumo a você não gostar mais de mim, ou melhor, de você falar que não gosta mais de mim. Eu duvido que tu não goste mais de mim.
- Como assim duvida?
- Duvido oras.
- É... acho que você tem razão.
- Tenho?
- Sim. Tens. Mas então, qual geladeira vamos levar, a branca ou a creme?
- Espera. O que é isso na TV? Não era sobre isso que falavam no rádio mais cedo?

"E agora vamos para as notícias. Cachorro é visto voando no céu pela tarde de ontem no centro da cidade."

- Mais uma vez a mídia tentando nos manipular.
- Maldita mídia cara!
- Maldita mídia cara!
- Ei, está me repetindo.
- Não, você que está me repetindo.
- Mas eu falei primeiro.
- Mas eu pensei primeiro.
- Cara, não é a Paula ali?
- Sim, vamos falar com ela?
- Não cara, eu peguei o resto da erva que ela tinha deixado em cima da mesa aquele dia, ela ainda está puta comigo, pois teve que ir no batizado da sobrinha estando de cara.
- Quem é que faz a cabeça antes do batizado da própria sobrinha.
- Paula. Oi Paula!
- Oi? Oi? E minha erva seu bosta.
- Que erva?
- Aquela que tu roubou de mim.
- Roubei de ti? Não lembro. Por sinal, não vi que estavas por aqui.
- Eu estava ali lendo e vi muito bem que tu reparou que eu estava por aqui. Vai agora querer me enganar duplamente?
- Não... desculpa, desculpa. O que estavas lendo?
- Nada de mais, o jornal. Olha só esta manchete que estranha.

"Cachorro voa pelo céu da cidade!"

- Desliga o rádio. Cansei de ouvir estas porcarias, e bem, chegamos.
- Mas então, vamos rápido olhar o que tu quer. Estamos atrasados já.
- Sempre com pressa...
- Mas é simples não? Já sabemos o modelo, todas suas características, está tudo perfeito. Estou com o dinheiro, vamos pagar a vista. Só precisas escolher qual cor tu vai querer, branca ou creme!

4 comentários:

thelaser disse...

huehuahuhueahuehahue altas nerditações hueahuehahuhuehuea

Diego Moreau disse...

Sim, muito bom. Não, não transei com o Silvio Santos (quero ver explicar pra todos a piada interna)

Marcella m*.ella disse...

o diego transou com o silvio santos?
q baaafo!

adorei o dialógo.
parabéns.

bjo!

Satanizante disse...

primeiro, nós não somos esquimós pra ficar diferenciando branco e creme como se fossem tonalidades extremamente opostas! Unf! Ah! E botar nome de coisas saborosas em cor é coisa de mulherzinha, tipo.. parede salmão! Roupa cor de pêssego! Aff! Mulherzinha! ui ui ui!

Segundo, cachorros voando pela cidade? acho que isto aí é verdade, estes dias vi um... :P

Abraço por detrás!