terça-feira, 24 de março de 2009

Testamento

Após a minha morte, desejo ser cremado. A disposição de minhas cinzas (dispersas no mar, na terra e no ar) deverá ser determinada pelo restante de minha família (esposa e filha) em concordância com o conhecimento de minhas predileções e filosofias consideradas geograficamente e espiritualmente. Sobre nenhuma circunstância minhas cinzas deverão ser mantidas por qualquer pessoa ou enterradas. A dispersão poderá aguardar por um razoável período de tempo requerido para a tomada de uma decisão, mas não poderá exceder o período de um mês após a minha morte.

Não desejo qualquer tipo de serviço público.

Não desejo qualquer tipo de serviço religioso.

Eu prefiro um recolhimento privativo a minha casa, atendendo a necessidade de meus amigos e familiares que serão escolhidos pelo restante de minha família (esposa e filha). A exata natureza deste velório deverá ser determinada pelo restante de minha família (esposa e filha). Deverá ser extremamente informal, deverão ser tocadas músicas de Rhythm and Blues, e deverão rir muito. Vagas referências a espiritualidade (secularizada) será permitida.

George Carlin
01/05/1990

Um comentário:

Tiago Jaime Machado disse...

george carlin é o cara, até na hora da morte.